HORA CERTA

domingo, 27 de novembro de 2016

Homem é morto a tiros dentro de uma casa em Lago da Pedra

Vítima foi abordada por um homem encapuzado em uma motocicleta.
Possibilidade de ter sido um acerto de contas não está descartada.

Dezinho foi assassinado dentro de uma casa em Lago da Pedra 
Um homem foi morto a tiros no final da noite da última sexta-feira (25), na Rua Deputado José Machado, em Lago da Pedra (MA). Conhecido pelo apelido de “Dezin”, idade e nome não informados, foi alvejado com vários tiros. De acordo com a Polícia Civil, a suspeita é de que o crime possa ter sido motivado por acerto de contas, o que será investigado.

Segundo o relato de alguns leitores do blog do Carlinhos, por volta das 23h30, Dezinho estava na rua, onde morava, cerca de 400 metros de sua casa, quando foi surpreendido por um homem encapuzado em uma moto; ele efetuou um tiro em direção do Dezinho. A vítima ainda conseguiu fugir abrigando em uma casa próxima, mas o assassino foi atrás e o executou com vários tiros no interior da residência de terceiros. 

O assassino fugiu depois do crime; o corpo da vítima foi levado para o necrotério do hospital local. A polícia militar esteve no local do assassinato e fez diligência para prender o autor dos disparos, mas sem êxito. A polícia civil de Lago da Pedra ficará responsável pelas investigações.  

Dezinho era bem conhecido na cidade e tinha várias passagens pela polícia acusado de furtos na cidade de Lago da Pedra. 
O LADRÃO DE GALINHAS E DE CALCINHAS 
Sempre de bom humor - Dezinho foi entrevistado pela TV de Lago da Pedra 

“Dezinho é aquele verdadeiro ladrão ‘pé de chinelo’, conhecido por todos na cidade e, em todos os bairros, ele roubava. Era viciado em droga, mas pra sustentar seu vício, dormia de dia e, à noite, ia ‘trabalhar roubando’. Começou roubando galinha, roupas em varais e até calcinha. Mas ultimamente estava roubando coisas de grande valor em supermercados, matérias de construções e lojas de confecções. Dezinho estava roubando até roupas de marca, lixadeira e até makita. Ele deu muito trabalho a polícia e a sociedade. Já foi preso algumas vezes, mas quando saia, voltava a agir novamente”, relatou um morador de Lago da Pedra.
 
Do Blog do CarlinhosMais fotos
Imagens fortes 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário