HORA CERTA

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Amablog repudia agressões físicas e acusações ensandecidas contra blogueiros

Nota Oficial
A campanha pela sucessão municipal de São Luís, agora no segundo turno, tem tomado proporções preocupantes. A briga de torcidas partidárias chega ao absurdo, pisoteando o direito de escolha do eleitor, com alguns querendo impor na marra seus favoritos.
Hoje, a jornalista e blogueira Dalvana Mendes, foi agredida fisicamente por um eleitor do 12, do prefeito atual Edivaldo Holanda (PDT). Um caso de polícia que exigiu da profissional da imprensa registrar um BO numa delegacia do centro da cidade. Tudo por conta dela ser eleitora do 33, Eduardo Braide (PMN)
A Amablog não quer dizer com isso que o candidato 12 tenha ou esteja mandando promover atos de violências contra os que não querem votar nele. O que precisa imediatamente é de respostas da Segurança Pública para evitar ataques mútuos com consequência graves. À blogueira e jornalista, nossa solidariedade. E, ao agressor, o nosso repúdio.
OUTRA AGRESSÃO
Na segunda-feira, dia 17 deste, ao participar de uma sabatina no Conselho Regional de Medicina, o candidato do PMN, Eduardo Braide mentiu ao dizer que vem ganhando todas as causas nas Justiça contra blogueiros. O presidente interino desta entidade, jornalista Luis Cardoso, é um deles,  para quem ele teve seu pedido indeferido na Justiça para censurar o blog, assim como de outros.
No CRM,  o candidato tachou os blogueiros, contra quem ele move ações, de achacadores e ainda incentivou os médicos a processarem os blogueiros, que só assim acabará com os blogs achacadores no Maranhão.
Ora, se algum blogueiro já achacou o candidato, ele como político e cidadão não deveria perder a oportunidade de denunciar quem cometeu tal crime. Não existe na Justiça nenhuma ação dele por tentativa ou prática de extorsão de blogueiros, mas todas por denúncias de familiar dele no desvio de recursos de prefeituras ou até por suposto envolvimento de seu nome em investigações federais.
Foi a partir das denúncias comprovadas contra o pai dele, Antônio Braide, e do suposto envolvimento de seu nome nas investigações federais, que o candidato passou a mirar sua metralhadora  contra jornalistas e blogueiros e a agredi-los, até mesmo dentro de estúdios de TV. A Justiça é que deve decidir quem tem razão ou não.
A Associação dos Blogueiros do Maranhão, recém criada, não aceitará mais que políticos queiram atacar sem provas membros desta entidade para se utilizar do momento político eleitoral e tentar enganar os eleitores.
Luis Cardoso
Presidente interino

Nenhum comentário:

Postar um comentário