HORA CERTA

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Humberto Coutinho assumirá o governo e terá que apaziguar os ânimos dos aliados

O governador Flávio Dino informou que pretende viajar pra fora do Brasil no início da próxima semana. O seu vice, Carlos Brandão, estará na China. Então, restará ao presidente da Assembleia Legislativa assumir o comando do Estado.
humberto
Até aqui tudo bem, tudo bacana. Ocorre, porém, que as relações entre os deputados da base aliada e o governador Flávio Dino estão no limite. Além do desprestígio, a não liberação dos recursos das emendas parlamentares.
O próprio governador avisou que não sairá nadica de nada de emendas neste ano e muito menos reajustes aos servidores públicos.
Humberto Coutinho tem atuado como bombeiro para acalmar as chamas que ainda estão concentradas só nos gabinetes e ameaçam invadir o plenário do Legislativo.
Na condição de governador por quase uma semana, as cobranças vão dobrar. E só assim os deputados poderão entrar no Palácio dos Leões para que sejam recebidos pelo governador de plantão.
E terá um outro problema no exercício do cargo. Coutinho é médico, a esposa é médica, e a pressão para que a sua categoria receba os salários atrasados ocorrerá com certeza.
Aí não se sabe se o governador deixou para seu aliado de vários anos um reconhecimento, um gesto de amizade, ou um grande abacaxi que nem ele mesmo desde que assumiu o governo conseguiu descascar.
Blog do Luis Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário