HORA CERTA

domingo, 15 de novembro de 2015

CLA confirma que houve explosão durante tentativa de lançamento de foguete

C
Por meio de contato telefônico com o Centro de Lançamento de Alcântara, a assessora Andreza, confirmou que houve uma explosão do foguete VS-40M que seria lançado nesta sexta-feira (13), para colocar o Satélite de Reentrada Atmosféria (SARA) em órbita. Tratado de forma oficial como pane para causar menos impacto, o incidente não deixou feridos, pelo menos é o que relata a assessoria.
A plataforma Sara levaria ao espaço um componente do Sistema de Navegação (Sisnav), denominado Sistema de Medição Inercial (Sismi), acompanhado de um GPS de aplicação espacial desenvolvido pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) – em cooperação com o Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) e apoio da Agência Espacial Brasileira (AEB) –, ainda em fase de qualificação.
O receptor GPS para aplicação espacial tem como função básica informar com precisão a posição e a velocidade de um foguete ou satélite no espaço, funcionando em elevadas altitudes e altas velocidades sem perder o sincronismo com o sinal recebido pelos satélites GPS.
Participaram da Operação São Lourenço técnicos, engenheiros e militares do CLA, IAE, Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), Comando Geral de Operações Aéreas (Comgar), Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) e Marinha do Brasil (MB), além de especialistas da Agência Espacial Alemã (DLR) e do Centro Espacial da Suécia (SSC).
NOTA
 
Durante a operação de lançamento do Satélite de Reentrada Atmosférica (SARA), às 14h20 local desta sexta-feira (13/11), no Centro de Lançamento de Alcântara, localizado no Maranhão, houve uma falha do motor do veículo VS-40M no momento da ignição que causou a sua perda. O veículo encontrava-se na rampa de lançamento e não chegou a decolar. Todos os procedimentos de segurança foram adotados e não houve riscos à nenhum dos profissionais envolvidos. Uma comissão será designada para apurar as causas do incidente.
*Com informações complementares do G1 Maranhão

Nenhum comentário:

Postar um comentário