HORA CERTA

sábado, 17 de outubro de 2015

Governo lança edital para construção de cozinhas comunitárias em 30 municípios maranhenses


No âmbito do Programa “Mais IDH”, a Sedes realizou um amplo levantamento a fim de identificar os municípios com situação deficitária em relação à segurança alimentar e nutricional. Dessa forma o foco são as populações dos 30 municípios com piores indicadores de Índice de Desenvolvimento Humano.

As cozinhas foram distribuídas nos municípios de Conceição de Lago Açu, Cajari, Pedro do Rosário, Governador Newton Belo, São João do Caru, Serrano do Maranhão, Centro Novo, Amapá do Maranhão, Primeira Cruz, Santo Amaro do Maranhão, Belágua, Milagres do Maranhão, Santana do Maranhão, Água Doce, Araioses, Satubinha, Brejo de Areia, Marajá do Sena, Arame, Lagoa Grande, Itaipava do Grajaú, Jenipapo dos Vieiras, São Raimundo das Mangabeiras, São Roberto, Afonso Cunha, Aldeias Altas, São João do Sóter, Santa Filomena, Fernando Falcão e São Francisco do Maranhão.

 
A licitação se dará na modalidade Concorrência e será realizada pela Comissão Especial de Licitação (CEL), instituída exclusivamente com a finalidade de licitar processos financiados com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A licitação tem valor máximo orçado em R$ 23.113.178,12.

“O processo licitatório é o ponta pé inicial para cumprir uma das metas básicas do governador Flávio Dino de combater à extrema pobreza e promover refeições balanceadas e de qualidade à população”, frisou o presidente da Comissão Central, Odair Neves. Além do presidente da CCL, estiveram presentes na assinatura do edital de licitação, o subsecretário da Sedes, Francisco Oliveira Júnior, e os membros da Comissão Especial de Licitação, Ana Flávia Boueres e Norberto Brandão.

 O processo tem sessão prevista para o dia 19 de novembro, no auditório Benedito Mendonça Dutra, na CCL, na Avenida Colares Moreira, no Calhau. O edital poderá ser consultado na página da Comissão Central: www.ccl.ma.gov.br, ou, ainda, retirado na sede.

Nenhum comentário:

Postar um comentário