HORA CERTA

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Parentes de Vereadores do Maranhão são assasinados

Manoel Alves de Sousa,de 51 anos,foi executado com sete tiros na noite desta quinta-feira (13).A vítima estava  em frente a sua residência na rua Vila Nova,Bairro Oseas,em Vitorino Freire, quando por volta das 20h30min dois homens chegaram em uma moto e um deles começou a efetuar os disparos.Manoel entrou correndo para dentro de casa indo parar no quintal,gritando por socorro,sendo seguido por um dos criminosos que continuava a atirar.

Ao retornar para dentro de casa já baleado,caiu.Mesmo no chão a vítima ainda recebeu um tiro na cabeça.

Manoel é irmão do vereador Antonio Barros (PSB).O crime pode ter ligação com outro caso.

Segundo informações, a polícia já tem nome dos suspeitos.

Informações e foto:Antônio Filho


Na noite desta quinta-feira (13),por volta das 20h,Wanderley Alvino da Silva, de 48 anos ,estava em sua chácara que fica às margens da BR-136,com um grupo de amigos,próximo a cidade de Santa Luzia do Paruá,quando foi morto com um tiro nas costa.

O assassino que provavelmente estaria escondido próximo a casa,acompanhando os passos da vítima,aproveitou o momento em que Wanderley saiu do grupo de amigos e foi até o quintal da residência.Os amigos ouviram o disparo e os gritos de Wanderley pedindo socorro.

Wanderley morreu quando estava a caminho do hospital de Santa Luzia.A polícia acredita que o tiro tenha partido de uma espingarda calibre 12.

O suspeito não foi identificado.A polícia investiga o caso.

Wanderley que era empresário do ramo da construção civil,e prestava serviços para a Prefeitura de Santa Luzia do Paruá,era casado com a vereadora de Junco do Maranhão,Fernanda Sousa da Silva (DEM),de 42 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário