HORA CERTA

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Bandidos deram golpe com falso sequestro da deputada Andréa Murad

Ricardo Murad e sua filha deputada estadual Andrea Murad
Ricardo Murad e sua filha deputada estadual Andrea Murad
Primeiro foi um telefone corporativo da família que tocou com uma voz ao fundo gritando “socorro mamãe, eles estão me levando”. Quase ninguém entendeu.
Depois a armação alcançou o pai da deputada Andréa Murad, o ex-secretário de Saúde, Ricardo Murad, que estava na Cabana do Sol, almoçando com o ex-deputado Tatá Milhomem.
Novamente do outro lado os gritos “socorro papai, me levaram”. Preocupado, Murad tentou conversar com os “sequestradores” que anunciavam estar de posse da parlamentar. Como Andréa Murad não encontra-se no Maranhão, e o aparelho estava difícil de ser localizado, a preocupação triplicou.
O pai deixou imediatamente o local, não sem antes depositar na conta orientada pelos bandidos uma certa quantia via transferência bancária.
Mais calmo, Tatá Milhomem ligou para o celular de Andréa Murad para saber sobre o rapto. Era mais um sequestro falso, desses que são feitos de dentro de presídios.
A parlamentar já tranquilizou parentes e amigos e pediu que a Secretaria de Segurança Pública faça uma campanha de orientação para evitar que pessoas sejam vítimas do golpe.
Em São Luís, os bandidos estão usando de uma nova modalidade nos sequestros falsos. Geralmente eles comandam as ações de outros estados.
Eles ligam para um parente da família como se fosse uma atendente da operadora Oi, por exemplo, e pedem que o aparelho seja desligado pelo prazo de 30 minutos para manutenção técnica da rede. E avisam que se o aparelho não for desligado, a Oi não vai se responsabilizar se o número ficar por até 48 fora de ar.
Muitos estão caindo no golpe. Meia hora é o tempo suficiente para que eles entrem em contato com os familiares e anunciam que estão de posse da pessoa “sequestrada”, informando que o aparelho dela foi desligado.
Fique atento! E caso algum leitor já tenha sido vítima do “falso sequestro” deixe o seu registro através dos comentários.
Blog do Luis Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário