HORA CERTA

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

CEMAR EMPRESA SEM MORAL: EM LAGO DA PEDRA – Familiares de um gari terão que pagar pelo poste que o matou


  1. Incrível como as coisas acontecem nessa vida: homem que trabalhava capinando ruas, cortando grama, foi obrigado, sem querer pra não perder o emprego, juntar lixo em uma caçamba que presta serviço para a prefeitura de Lago da Pedra, e neste serviço acabou perdendo a vida na tarde de 31 de janeiro de 2014. Morreu em seu primeiro dia de serviço em função de uma grande irresponsabilidade  de um outro. Não era dono da caçamba e muito menos da empresa a qual prestava serviço; sua família passa por dificuldades para adquirir ‘o pão nosso de cada dia’, e ainda assim, a CEMAR (Companhia Energética do Maranhão), está cobrando pelo porte que a caçamba bateu e e derrubou, vindo cair na cabeça de Joceildo que morreu na hora. Representantes da CEMAR foram até a residência da família do finado e informaram que eles teriam que pagar pelo porte.

Continua...

Escuta ai, a família não era que teria  o direito de receber  uma indenização  pela perda do  ente querido? Quem teria que pagar pelo poste não seria a empresa responsável? Ou o dono da caçamba? Ou até mesmo o motorista que conduzia o carro? Bom, ao que parece é mais fácil cobrar dos familiares do finado, a parte mais fraca, eles não tem como se defender, não é mesmo?

Blog do Vilmar Ferreira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário