HORA CERTA

domingo, 9 de fevereiro de 2014

Aliados tentam animar Luis Fernando fazendo comparações sem sentido com 2002

roseana e luis fernando 450x283 Aliados tentam animar Luis Fernando fazendo comparações sem sentido com 2002
Alguns entusiastas da candidatura a governador do secretário de infraestrutura, Luis Fernando, tentam fazer uma comparação com a situação vivida por José Reinaldo em 2002, que também possuía números pífios nas pesquisas. Enquanto Luis Fernando, que em quase três anos de campanha e sendo o governador de fato, não passa de 15% nas pesquisas  de intenção de voto a pouco mais de seis meses da eleição, José Reinaldo lançou-se candidato somente quando Roseana renunciou naquele ano. E o que viabilizou a candidatura de José Reinaldo foi sua inegável habilidade política, que arregimentou grande número de lideranças políticas. Exatamente o que não tem Luis Fernando.
O grande fraco de Luis Fernando é exatamente sua apatia diante da classe política, pois não consegue criar sequer um grupo em torno de si. Apega-se apenas e tão somente à sua fama de burocrata e ao período em que foi prefeito de Ribamar, o que parece não ter empolgado o eleitorado. E o curriculum de José Reinaldo (ministro de estado, deputado federal, vice-governador, secretário de estado), dava de goelada no de Luis Fernando. E em 2002, não existia o clima do anti-sarneysismo tão forte como agora, e nem existia um candidato que incorporava o sentimento de mudança tão latente.
Ou seja, como já dizia o impagável Zé Cirilo,  uma coisa é uma coisa; outra coisa é outra coisa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário