HORA CERTA

sábado, 1 de fevereiro de 2014

ACOMPANHE ENTREVISTA DE FLÁVIO DINO CONCEDIDA AO JORNALISTA JOSIAS DE SOUSA



Flávio Dino, presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) foi entrevistado pelo jornalista Josias de Souza (Uol / Folha de São Paulo) sobre o legado que deixa no Instituto para o Turismo Brasileiro. Dino falou sobre as principais estratégias da Embratur para captar visitantes estrangeiros para o país.
Ao falar sobre os preparativos para a Copa do Mundo, Flávio Dino falou sobre ações da Embratur de promoção do Brasil como destino turístico e disse ainda que os problemas infraestruturais por que o Brasil ainda passa precisam ser enfrentados.
Questionado pelo jornalista se o Brasil está preparado para receber a Copa do Mundo e sobre a propaganda institucional do país no exterior, Dino destacou que as pesquisas realizadas com turistas estrangeiros no país mostram que há uma grande satisfação daqueles que vêm conhecer o Brasil.
“Nós temos que ter o olhar crítico. É evidente. (...) No Brasil há graves problemas e eles nós precisamos enfrentar. A questão da segurança, do saneamento, da mobilidade urbana são problemas reais”, admitiu.
Mas tem interferido na imagem positiva do Brasil pelos estrangeiros que, ao responder a pesquisas de opinião em aeroportos e eventos internacionais, mostram que a satisfação com o Brasil como destino turístico é alta.
Dino falou ainda sobre a instalação dos Escritórios Brasileiros de Turismo, instalados em 11 países definidos como mercados-alvo do Plano Aquarela 2020 – planejamento de longo prazo para o crescimento do turismo estrangeiro no Brasil.
A presença de executivos enviados para cuidar especificamente da promoção da emissão de turistas ao Brasil tem como função auxiliar as embaixadas com apoio técnico, logístico, de informação e contatos com trade turístico em cada país.
“Esse executivo tem um papel fundamental na medida em que se refere mais ao mercado, mais ao trade turístico local. (...) Vende e promove o Brasil muito como se fosse uma força de infantaria de ocupação do território. E ao mesmo tempo de captação de informações e inteligência comercial,” destacou Dino.
A entrevista completa pode ser acompanha no site da Uol / Folha de São Paulo pelo link: http://mais.uol.com.br/view/1575mnadmj5c/embratur-no-exterior-atua-como-infantaria-de-ocupacao-diz-dino-04020E983666D0C14326?types=A&

Nenhum comentário:

Postar um comentário