HORA CERTA

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Trecho da BR-316 que estava interditado foi liberado após assinatura de acordo entre manifestantes e o DNIT

Blog  do Sergio Matias 

O trecho da BR-316, que margeia o povoado Piratininga, foi liberado. Moradores
 da localidade haviam interditado a rodovia após, em menos de 72 horas, duas 
pessoas terem sido atropeladas e mortas.


Foram praticamente cerca de vinte horas sem que carros de passeios, caminhões e ônibus pudessem seguir viagem.

Somente no final da tarde dessa segunda-feira (20), com a presença de
 técnicos do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, um termo
 de compromisso foi assinado entre representantes da comunidade e o órgão.

No documento o DNIT se compromete a construir, dentro de cinco dias, 
algumas lombadas em um trecho de 5 km.

De acordo com um dos moradores, líder do protesto, identificado como Jackson, 
se o acordo não for cumprido dentro do prazo a rodovia voltará a ser interditada.
Enquanto isso familiares e amigos das vítimas lamentam a perda dos seus 
entes queridos. Dona Maria Machado, mãe de Edson Sousa, de 28 anos, que 
morreu atropelado no domingo, estava revoltada com a notícia que dava conta
 que a pessoa que conduzia o veículo envolvido no acidente teria parado em 
Alto Alegre do Maranhão alegando que precisaria lavar o carro, pois teria 
atropelado um animal que atravessava a pista.

Até o momento, nem um dos condutores dos veículos envolvidos nos dois
 acidentes foram identificados pela polícia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário