HORA CERTA

sábado, 25 de janeiro de 2014

Dois detentos fogem pela porta da frente do presídio de Pedreiras


A fuga ocorreu no presídio de Pedreiras, localizado a 280 km de São Luís, no início da tarde desta sexta-feira (24).

De acordo com informações da secretaria de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap), os detentos fugiram no horário de visitas. Ainda de acordo com a secretaria, os detentos não estavam nas celas no momento da fuga. A unidade passa por uma reforma estrutural e todos eles estavam abrigados em cômodos provisórios. A secretaria que administra o sistema prisional do Maranhão informou que um dos fugitivos foi recapturado horas depois da fuga. As buscas seguem sendo feitas para localizar o segundo foragido. A Sejap diz que vai apurar as circunstâncias do fato. A primeira hipótese é que houve falhas no procedimento de segurança. A unidade prisional de Pedreiras está superlotada. O local tem capacidade para 68 presos, mas abriga 200.

Continua...

Também nesta sexta-feira, a Sejap informou que um túnel foi descoberto em uma cela do Centro de Custódia de Imperatriz, a 626 km da capital do Estado.

Os detentos que estavam na cela, de acordo com a secretaria, foram levados para outro espaço da unidade.

PRIMEIRA FUGA

Este é o primeiro registro de fuga de detentos no sistema prisional do Maranhão desde a crise no complexo prisional de Pedrinhas – o maior do Estado.

O governo Roseana Sarney (PMDB) enfrenta uma crise desde que uma série de mortes de detentos sem controle foi registrada no complexo.

Nesta quinta-feira (23), presos fizeram um motim em uma das unidades do complexo de Pedrinhas. Houve revistas e a apreensão de armas artesanais.

Projetado para 1.770 homens, o complexo abriga 2.196. Desde o ano passado, 63 presos morreram na unidade, muitos de forma truculenta, decapitados.

Portal Meio Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário