HORA CERTA

sábado, 25 de janeiro de 2014

Calçamento mais alto que o nível da rua causou inundação na casa de moradores no Canoeiro

Blog de Olho em Grajaú


“meu filho é um engenheiro burro, porque eu disse pra ele que não ia prestar este calçamento da altura do diabo, fora do nível da rua”. Foi assim que dona Maria falou no inicio da entrevista, quando perguntada sobre a situação de sua casa inundada.

Os moradores da Rua José Rodrigues da Costa viveram momentos de pânico durante a chuva que caiu na tarde deste sábado, por volta das 16h00min. O principal local afetado foi onde está acontecendo à construção de um calçamento, que segundo os moradores o engenheiro não observou como seria feito a obra e subiu o calçamento com meio fios, há cerca de dois palmos ao alto fora do nível da rua, deixando assim as casas lá embaixo.

E com a chuva deste sábado a água tomou de conta das residências, pondo os moradores para trabalhar com a limpeza, coisa que nunca tinha acontecido disseram eles, dona Maria disse que nunca entrou água na casa dela como ontem sexta-feira (24) e hoje sábado (25) segundo ele hoje foi um dos dias piores. Ela disse que todas as casas foram inundadas e disse que a obras só atrapalhou que nunca viu obras da altura que é esta em Grajaú, ela ainda disse que se tivesse uma máquina teria no momento arrancado todo o calçamento da rua e jogado no rio.
Para o Sr. Antonio a coisa está linda, muito boa disse ele porque nunca a Secretaria de Obras, tinha dado um trabalho tão grande para a população. Usando a inchadas para cavar o escoamento da água ele disse que o Secretario de Obras é ótimo porque ele como morador do local, nunca tinha trabalhado com lama e agora está, afirmou ainda que nunca viu um calçamento tão lindo como este alto do jeito que está, lembrou que só se for em outra cidade porque em Grajaú é muita competência para coisa ruim.





Já na outra Rua da antiga danceteria Canoeiro, o Morador João da Costa disse que ficou tudo cheio foi um absurdo e que todas as medidas deveriam ser 
tomada para amenizar a situação. Para dona Maria de Jesus já são 30 anos que mora na rua e a situação sempre foi essa, e que hoje foi pior que a água acabou entrando dentro de casa, e segundo ela a prefeitura tem que ter um projeto firme para amenizar a situação dos moradores, pois era tanta água que não tinha como sair.

Já na porta do Hospital Itamar Guará cerca de 200 metros de rua e espaço aberto foi tomado pela água, passar por aqui os moradores enfrenta mesmo é a lagoa, segundo informações esta chuva de sábado foi uma das que mais encheu o local.

Já na ponte de cimento nas proximidades da Praça Ferreira Lima, um buraco se abriu na BR 226, pondo assim em perigo os motoqueiros e donos de veículos, pois a cratera abriu-se bem no local onde passam motos e os pneus dos carros, para desviar do perigo os condutores pegam um pouco a contra mão. O perigo maior ainda deve ser à noite, pois após a passagem no quebra molas o condutor se depara com a cratera.

E ainda esta redação recebeu informações de que na Rua da Extrema, os moradores interditaram com paus uma baixa que fica nas proximidades de uma creche, bem no local onde o novo asfalto que passa na Rua da Usina café, terminou. O fechamento foi devido um lago que se forma embaixo de um pé de manga, na Rua que dá acesso ao conjunto Frei Alberto Beretta.
A Secretaria de Obras disse que o novo Secretario, assumiu o cargo em um momento de inverno, e que fica impossível de solucionar o caos, mais tão logo a chuva cesse os trabalho da nova administração, serão concluídos dentro das normas. Evitando assim prejuízos aos moradores de Grajaú.

Já na ponte de cimento nas proximidades da Praça Ferreira Lima, um buraco se abriu na BR 226, pondo assim em perigo os motoqueiros e donos de veículos, pois a cratera abriu-se bem no local onde passam motos e os pneus dos carros, para desviar do perigo os condutores pegam um pouco a contra mão. O perigo maior ainda deve ser à noite, pois após a passagem no quebra molas o condutor se depara com a cratera.

E ainda esta redação recebeu informações de que na Rua da Extrema, os moradores interditaram com paus uma baixa que fica nas proximidades de uma creche, bem no local onde o novo asfalto que passa na Rua da Usina café, terminou. O fechamento foi devido um lago que se forma embaixo de um pé de manga, na Rua que dá acesso ao conjunto Frei Alberto Beretta.


A Secretaria de Obras disse que o novo Secretario, assumiu o cargo em um momento de inverno, e que fica impossível de solucionar o caos, mais tão logo a chuva cesse os trabalho da nova administração, serão concluídos dentro das normas. Evitando assim prejuízos aos moradores de Grajaú.

Nenhum comentário:

Postar um comentário