HORA CERTA

domingo, 8 de dezembro de 2013

Secretário de Assuntos Estratégicos de Roseana Sarney comete crime de grilagem em Ribamar


unnamed
Neste domingo (08), o secretário estadual de Assuntos Estratégicos do governo Roseana Sarney, Alberto Franco (PMDB), expulsou moradores do Engenho que viviam da atividade agrícola. O fato aconteceu sem ordem judicial e sem a presença de um oficial de justiça.
O comandante da operação, Capitão Lobato, reconheceu os erros e afirmou que nada poderia fazer, uma vez que estava apenas cumprindo ordens superiores.
Franco já foi denunciado em 2011 por formação de quadrilha e falsidade ideológica – durante as investigações do assassinato do empresário Marggion Lanyere Ferreira Andrade – por conta do seu envolvimento na grilagem de terras em São Luís. Agora é acusado pelos moradores do Engenho de cometer o mesmo crime, desta vez no município de São José de Ribamar.
A cidade comandada por Gil Cutrim (PMDB), sucessor do pré-candidato da oligarquia, Luís Fernando Silva (PMDB), tem enfrentado diversos problemas referentes a moradia e grilagem de terras, sempre envolvendo a turma do governo Roseana Sarney.
Os expulsores chegaram divididos em tropas de choque e três viaturas. O que mais chamou atenção é que, enquanto falta polícia pra combater a criminalidade no Maranhão, sobra no Engenho pra despejar gente pobre e inocente.
Convidado pelas vítimas, o deputado estadual Bira do Pindaré (PSB) acompanhou o despejo classificado por ele como um ato ilegal e imoral.
Veja o vídeo:
Fonte: Marrapá

Nenhum comentário:

Postar um comentário