HORA CERTA

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Hoje é Dia dos Direitos Humanos: Flávio Dino fala da importância dessa luta


DIA INTERNACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS

Hoje, 10 de dezembro, é o dia consagrado aos Direitos Humanos, por determinação da ONU.

Os direitos humanos abrangem direitos civis, políticos, econômicos, sociais e culturais.

Para mim, a ação política só faz sentido se visar fazer com que todos esses direitos possam realmente chegar às casas dos milhões de homens e mulheres vítimas de injustiças.

Se a política for um terreno exclusivo de "profissionais" que se digladiam pelo poder, sem fidelidade a PRINCÍPIOS e sem o OBJETIVO DE SERVIR ÀS PESSOAS, nada faz sentido.

Por isso, considero ser especial o Dia dos Direitos Humanos. Que estejamos unidos para concretizá-los no Maranhão, no Brasil, no mundo inteiro.

Para comemorar a data, seguem alguns versos de Os Estatutos do Homem, de THIAGO DE MELLO, uma ilustração de ZIRALDO e os girassóis da esperança de que fala o poeta.

"Artigo I
Fica decretado que agora vale a verdade.
agora vale a vida,
e de mãos dadas,
marcharemos todos pela vida verdadeira.

Artigo III
Fica decretado que, a partir deste instante,
haverá girassóis em todas as janelas,
que os girassóis terão direito
a abrir-se dentro da sombra;
e que as janelas devem permanecer, o dia inteiro,
abertas para o verde onde cresce a esperança.

Artigo VII
Por decreto irrevogável fica estabelecido
o reinado permanente da justiça e da claridade,
e a alegria será uma bandeira generosa
para sempre desfraldada na alma do povo.

Artigo XIII
Fica decretado que o dinheiro
não poderá nunca mais comprar
o sol das manhãs vindouras.
Expulso do grande baú do medo,
o dinheiro se transformará em uma espada fraternal
para defender o direito de cantar
e a festa do dia que chegou. "
Foto de Flávio Dino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário