HORA CERTA

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

César Pires desconfia de Cartel do cimento no MA…

Marco D´ça


Entre agosto e dezembro, preço do produto subiu apenas R$ 0,40 na fábrica, mas foi de R$ 24,00 para até R$ 38,00 no mesmo período. Deputado desconfia que atravessadores estejam comprando a produção e escondendo, forçando uma alta artificial


http://www.marrapa.com/wp-content/uploads/2013/09/cesarpires.jpg
Pires: desconfiado com alta do cimento (Foto: Felipe Klamt)
(Foto: Felipe Klamt)
O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado César Pires (DEM) pretende levar à Casa a discussão sobre um possível cartel do cimento no Maranhão.
O preço do produto subiu quase 100% nos postos de venda, quando nas fábricas o aumento não passou de R$ 0,40 entre agosto e dezembro.
- Desde agosto, tenho sido procurado por consumidores que reclamaram do preço do cimento e da escassez do produto, mesmo com uma fábrica no Maranhão. Investiguei e descobri que os preços ao consumidor final não têm razão de ser - afirmou o parlamentar, que pretende levar o caso também ao Ministério Público.
http://imirante.globo.com/lib/imgBinary.asp?path=%5Coestadoma%5Cfotos%5Ccon2510131001.jpg&width=300&height=225&interpolation=1&sharpen=0&sharpenvalue=&rotate=0
Algumas das marcas à venda: alta de quase 100% 
César Pires conta que foi até Codó, na fábrica de cimento Nassau, o mais consumido no estado. Lá, foi informado que, entre dezembro e agosto, o preço do produto subiu de R$ 21,79 para R$ 22,20.
- Como pode? O cimento subiu na fábrica apenas 41 centavos em quatro meses; mas no comércio, subiu de R$ 24,00, em agosto, para até R$ 38,00. É quase o dobro do preço - ponderou o deputado.
O líder governista desconfia que esteja havendo um cartel, com atravessadores comprando a produção nas fábricas e escondendo o produto para forçar uma lata artificial dos preços.
O deputado pretende articular uma investigação da Comissão de defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário