HORA CERTA

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

MARAJÁ DO SENA TERRA SEM LEI E SEM SEGURANÇA


ZONA RURAL DE MARAJÁ DO SENA PEDE SOCORRO 
                                      
                                    

Os bandidos não deram trégua as ações criminosas na zona rural de Marajá do Sena, segundo a polícia  depois de terem efetuados vários disparos em uma casa de fazenda e atearem fogo em veículo de um fazendeiro de Lago Pedra, o mesmo bando que é liderado por um elemento conhecido por Josélio   Bandidão um velho conhecido da polícia, ele tem ligações com assassinatos e furtos nas cidades de Lago da Pedra, Marajá do Sena e Paulo Ramos, voltaram a agir na região desta vez o episódio aconteceu sexta feira a noite no povoado Baixada do Coco distante a (03) quilômetros do povoado Campo Novo onde eles agiram no iniciou da semana,  a motivação  pode ser em represália a algumas pessoas que tem denunciado o bando a polícia segundo os moradores dos povoados onde fizeram vitimas, a polícia não descarta e os denunciantes realmente sejam as vitimas do bando  liderado por Josélio  Bandidão.


No povoado Baixada do Coco, a ação  criminosa aconteceu na  sexta feira (15/11) a  noite por volta das 20h:00, lá o bando matou a tiros o  comerciante conhecido por Nego Lopes, após assassinarem o comerciante os elementos fugiram  tomando rumo ignorado e levaram  a moto de um dos moradores do povoado. 

Um fato lamentável nessa história é que na mesma noite além do Cabo Brito somente um policial militar estavam de serviço, Cabo Brito o comandante do DPM na cidade  fez o que é certo acionou a alta cúpula da PM no Médio Mearim  e solicitou um reforço policial para continuar a diligência,  quatros policias militares  chegaram na cidade por volta das 14:00 e as 18:00 deixaram Marajá do Sena.


Insatisfeito com as péssimas condições de trabalho,   Cabo Brito  pensa em deixar o posto de trabalho, ele   hoje é tido pela população marajaense  como um policial exemplar, participa mensalmente de reuniões com a população, ministra  palestras sobre drogas nas escolas e orienta pais de família a  conversar com os filhos jovens que por aventura venham apresentar um comportamento estranho em casa, enfim ele tem desenvolvido seu trabalho sempre voltado para  a família que além de Deus é a base de tudo em nosso dia-dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário